Em vídeo fofo, pinguim reabilitado tem despedida emocionante com sua salvadora

 

Quem faz parceria com os animais anda de mãos dadas com a paz e sob a proteção de Deus.

 

O hospital Kaikōura Wildlife é a principal rede nacional de preservação da vida selvagem da Nova Zelândia focada nas melhores práticas de reabilitação desses animais.

Fundada em 2017 pela bióloga Sabrina Luecht, a instituição já salvou muitas espécies, principalmente aves marinhas como pinguins azuis, pinguins de olhos amarelos, shags, gaivotas, petréis e cagarras.

E um caso que aconteceu em setembro do mesmo ano da inauguração, marcou não só a vida da bióloga, bem como de muitos defensores e simpatizadores da causa. Pois após reabilitar um pinguim azul ao devolvê-lo à natureza, a despedida dos dois foi emocionante.

Segundo o Animal Channel, a ave foi resgatada de uma rede de plástico. Após foi encaminhada para o hospital, onde foi tratada por um ferimento na cabeça e exaustão severa. Quando totalmente recuperada, chegou a hora de ser liberta no seu habitat. A equipe a levou até o oceano para liberá-la.

Era um dia cinzento, Sabrina o colocou na beira do mar, mas assim que o soltou, ele não correu para a água e, sim, mirou sua salvadora.

Após, deu alguns passos a frente, mas novamente voltou a olhá-la, era como se ele soubesse que ali era um "adeus". O momento se tornou grandioso, pois parecia estar agradecendo toda o cuidado que recebeu.

Depois de alguns segundos, que mais pareceram horas, ele finalmente se desprendeu do apego que nutriu pelas pessoas que lhe ajudaram e correu para o abraço do mar.

Ao sentir a água em suas patas, acredito que lembrou de sua família e, com certa dificuldade, conseguiu quebrar as ondas para então seguir o seu caminho.

Apesar de aparentar dificuldade, os pinguins azuis são acostumados com as ondas agitadas da Nova Zelândia, onde habitam. Sendo os menores das espécies de pinguins, seus bicos são pretos e a cor dos olhos varia de prata a azul, cinza ou avelã.

A parte inferior das nadadeiras, tronco, queixo e garganta são brancas, mas podem se tornar cinza ou marrom.

Sua espécie está prestes a se tornar ameaçada por causa de predadores naturais e pesca industrial. Eles também são os que mais sofrem com os derramamentos de óleo. Além do lixo que encontram no mar, como foi o caso desse pinguim salvo pela equipe da Sabrina.

Confira abaixo o momento singular da despedida do pinguim.

 

Na vida animal e humana, o que impera é a maternidade, o afeto, a proteção e a sobrevivência.

Amar, respeitar e proteger os animais.

Verdadeiros amigos, companheiros fiéis na alegria, na dor, para a vida toda!

Preste atenção ao nosso site, forneceremos informações mais valiosas.

 
Comentário do usuário