Gato desaparecido volta para casa e dias depois aparece com gato idêntico a ele

 

Quem faz parceria com os animais anda de mãos dadas com a paz e sob a proteção de Deus.

 

Em 2020, um homem chamado Stanislav Zak, que vive na Rússia, passou pelo susto de ter seu gato desaparecido. Foi dias e noites que o russo viveu angustiado por não saber o paradeiro do seu felino de pelagem preta com branca (combinação de cores em gatos conhecido como "smoking" ou "frajolinha").

Os dias sombrios do homem tornaram-se azuis quando certa manhã o mascote apareceu por conta própria em casa. Stanislav não poderia ter ficado mais feliz, o pesadelo de não ter seu gato de volta se esvaiu e os dias foram preenchidos com os miados e o ronronar no bichano.

Passou-se uma semana da volta do felino quando de repente outro gatinho idêntico ao seu apareceu em sua porta. O homem ao vê-lo ficou assustado, pois o gato era exatamente IGUAL ao primeiro. Ué?! Será que ele estava ficando doido e vendo seu gato em dobro?

Bom, após colocá-los lado a lado viu que não se tratava do fruto de sua imaginação e, sim, realmente eram dois. Então tirou várias fotos dos gatinhos gêmeos e as comparou com as fotos antigas do seu gato. Olhando minuciosamente e comparando-as várias vezes, descobriu que, na verdade, o seu gatinho era o segundo que havia aparecido na casa.

O mistério havia sido resolvido, mas e agora, de quem seria o primeiro gato? De onde veio? E como apareceu em momento oportuno? Muitas perguntas, mas sem saber as respostas, Stanislav decidiu adotá-lo. Amor em dose dupla!

Abismado com a situação, o russo publicou a foto da duplinha nas redes sociais com a seguinte legenda:"no mês passado, meu gato desapareceu. Há uma semana, eu o encontrei e o trouxe para casa. Hoje meu gato voltou. Agora tenho dois gatos".

O escritor James Felton achando graça do episódio, twittou em seu perfil com a seguinte legenda: "um amigo me enviou isso e agora não consigo pensar em mais nada". O compartilhamento tornou a história viral, recebendo mais de 337 mil curtidas e milhares de comentários de internautas afirmando terem vivido situação parecida.

"Eu tive um problema semelhante, abri a porta há 6 meses para deixar 'minha gata' entrar, ela não era 'minha gata', ela ainda está aqui", escreveu Jason Burch.

"Certa vez, minha gata desapareceu e passei cerca de duas horas jogando pedaços de presunto para ela para tentar tirá-la de debaixo de um carro do lado de fora da casa de alguém a um quilômetro de distância da minha casa. Mas ela escapou. Desisti e fui para casa para encontrá-la no sofá. Gato diferente", comentou Alex Meehan .

"Certa vez, conheci alguém que deixou seu gato em um canil, saiu de férias e voltou para casa para ser tristemente informado de que havia morrido. Eles ficaram um tanto surpresos ao encontrá-lo em sua porta uma semana depois. Ele escapou e damos o título dessa história de 'Lazarus'", compartilhou outro usuário da rede.

 

Na vida animal e humana, o que impera é a maternidade, o afeto, a proteção e a sobrevivência.

Amar, respeitar e proteger os animais.

Verdadeiros amigos, companheiros fiéis na alegria, na dor, para a vida toda!

Preste atenção ao nosso site, forneceremos informações mais valiosas.

 
Comentário do usuário