Cão em luto conhece sua nova irmã gatinha e lhe enche de abraços e beijos

 

Quem faz parceria com os animais anda de mãos dadas com a paz e sob a proteção de Deus.

 

Esse cão em luto conhece sua nova irmã gatinha e lhe enche de abraços e beijos. O inicio de sua cura. Foi amor à primeira vista.

Às vezes é difícil adicionar um novo membro à família. Mas, para um cão de resgate chamado Martin, conhecer sua nova irmã gatinha fez seu dia.

-

Embora Martin fosse o único animal de estimação da casa quando o novo gatinho chegou, ele não estava acostumado a ficar sozinho. Apenas um ano atrás, Alma, sua irmã labradora e melhor amiga, faleceu . "Ele passou por uma depressão porque Alma não estava mais aqui", disse Emilia Ivan, mãe de Martin. "Ele estava realmente solitário e triste."

Quando Emilia soube que uma jovem gatinha foi abandonada em um campo próximo, ela sabia que tinha que dar a ela um lar e o amor que ela merecia. Emilia hesitou, a princípio, em apresentar Martin ao novo gatinho. Mas, como Emilia disse, "Na primeira noite [eles se conheceram], foi amor à primeira vista."

A primeira interação de Martin com o gatinho envolveu aconchegos imediatos e muitos beijos molhados. "Ele cuidou dela", disse Emilia.

Pouco depois de receber o primeiro gatinho em casa, Emilia e seu namorado encontraram um segundo gatinho – desta vez abandonado em seu quintal. "Achamos que ela foi deixada lá por alguém porque viu que tínhamos outro gatinho", disse Emilia. "Ela estava sozinha e com medo."

O segundo gatinho recebeu uma recepção calorosa de Martin. Os gatinhos se juntaram à família de Martin, onde ele é um de seus principais cuidadores.

"Ele presta muita atenção a eles e cuida deles", disse Emilia. "Ele se comporta como se fosse a mãe deles e elas fossem suas filhas."

Emilia e seu namorado notaram que a presença dos gatinhos ajudou a aliviar um pouco a dor de Martin.

"Ele quase parece grato por eles", disse Emilia. E ver Martin interagir com os gatinhos, por sua vez, ampliou seu amor por ele de maneiras que eles não poderiam ter previsto.

"Sempre amei Martin, mas agora, quando o vejo cuidando dos gatinhos, o quão cuidadoso e brincalhão ele é com eles", disse Emilia, "é mágico".

 

Na vida animal e humana, o que impera é a maternidade, o afeto, a proteção e a sobrevivência.

Amar, respeitar e proteger os animais.

Verdadeiros amigos, companheiros fiéis na alegria, na dor, para a vida toda!

Preste atenção ao nosso site, forneceremos informações mais valiosas.

 
Comentário do usuário