Após ganhar cartaz de 'procurado' por tentar furtar pelúcia, cão ganha item de proprietário da loja

 

Quem faz parceria com os animais anda de mãos dadas com a paz e sob a proteção de Deus.

 

Uma tentativa de furto foi registrada na segunda-feira (26/09) na Capital Nacional do Bicho de Pelúcia (Tabatinga), no interior de São Paulo. O alvo de uma perigosa "quadrilha canina" se tratava de uma ovelha de pelúcia.

As câmeras de segurança da loja assaltada registraram toda a ação.

Na gravação é possível ver o momento em que um cão entra na loja e começa a vasculhar as prateleiras até encontrar algo que lhe agrade.

Foi quando viu uma ovelha maior que ele e então começou a puxá-la pela cabeça para fora da loja.

No entanto, não esperava que esta ficasse presa na porta, o que impossibilitou o furto.

Acompanhado de outro comparsa que estava de vigia na rua, a "quadrilha canina" tenta voltar para soltar a pelúcia da porta, mas acaba desistindo da ação e foge sem levar nada.

Após as imagens viralizarem, os caninos passaram a ser procurados por toda a cidade até serem finalmente encontrados em um bairro, presos em um quintal.

A tutora dos animais, Roseleine Aparecida Mapeli, conta que só ficou sabendo sobre a tentativa de furto depois que a história se espalhou.

Além disso, procurou o empresário para pagar pelo prejuízo.

"A minha filha mostrou para mim que eles tentaram furtar a pelúcia e eu fiquei com medo. Então, eu liguei para perguntar se tinha alguma coisa que eu precisava fazer. Todo lugar eles vão comigo, eles são muito brincalhões", salienta.

A história tomou grandes proporções em toda a cidade e gerou uma verdadeira confusão, pois se estimava que um dos suspeitos fosse um cão conhecido como Pacato.

Desse modo, o dono da loja, Marcos Alexandre Soler, confeccionou um cartaz com a palavra "procurado" para encontrá-lo.

A semelhança entre Pacato e o verdadeiro "ladrão" fez com que os próprios tutores de Pacato entrassem em contato com Marcos em sua busca.

Quando a confusão foi resolvida, o empresário decidiu ir até a casa dos "delinquentes" e lhes deu de presente a ovelha como um agradecimento por fazerem tantas pessoas rirem do acontecido.

O principal responsável pela ação, cujo nome é Fred, pareceu amar muito o presente e não desgrudou da pelúcia.

"Acho que agora eles arrumaram um companheiro para descansar e brincar. Eles gostaram bastante", lembra o empresário.

Confira o vídeo:

 

Na vida animal e humana, o que impera é a maternidade, o afeto, a proteção e a sobrevivência.

Amar, respeitar e proteger os animais.

Verdadeiros amigos, companheiros fiéis na alegria, na dor, para a vida toda!

Preste atenção ao nosso site, forneceremos informações mais valiosas.

 
Comentário do usuário