Tutora recebe diagnóstico inesperado de veterinária após se preocupar com 'sério problema de saúde' de gata

 

Quem faz parceria com os animais anda de mãos dadas com a paz e sob a proteção de Deus.

 

A voluntária Haley Andrews durante sua vida sempre cuidou de felinos oferecendo lar adotivo. Preocupada com os hóspedes, ela os alimenta com boa comida, os mantém em dia com as consultas médicas e, claro, oferece muito amor.

O dia a dia dos pets é compartilhado na sua página do Facebook chamada 'Tiny Tim's Tiny Foster Family'.E, recentemente, um post que compartilhou atraiu os olhares de milhares de internautas. O centro das atenções? Foi a Cheesecake, uma gatinha resgatada. A felina estava apresentando inchaço e, segundo afirmou Haley ao portal de notícias Newsweek, se sentiu temerosa, pois havia perdido alguns gatinhos no ano passado com os mesmos sintomas.

"Então deixei minha ansiedade tomar conta de mim e corri levá-la ao veterinário", disse Haley ao Newsweek.

Antes de levá-la ao médico, Haley pensou mil e uma coisas como, por exemplo, vermes — ou pior: acúmulo de fluido da FIP. Esse último é o acúmulo de líquido no abdômen ou no peito do felino. A acumulação excessiva pode causar dificuldade em respirar, levando o pet a morte.

Chegando na clínica, a médica levou a felina para uma bateria de exames. Haley ficou aguardando e enquanto o resultado não vinha estava com os nervos a flor da pele, com medo que fosse FIP.

SIGA-NOS NO FACEBOOK

SEGUIR

"Eu estava aflita, com ansiedade, coração acelerado. FIP não tratada é geralmente fatal para gatinhos e perder Cheesecake seria demais pra mim".

O nervosismo passou quando a médica voltou e deu o diagnóstico.

"O veterinário veio e me entregou Cheesecake de volta. Seu rosto não indicava muita coisa. Ela olhou para mim. Eu olho para ela. Estava apavorada", relatou no post.

Então a médica diz:

"Apenas gorda", ela disse. "Cheesecake está apenas gorda".

Que bom que a preocupação da Haley foi em vão! O único problema da sua gatinha é o excesso de peso, dando jus ao nome.

 

Na vida animal e humana, o que impera é a maternidade, o afeto, a proteção e a sobrevivência.

Amar, respeitar e proteger os animais.

Verdadeiros amigos, companheiros fiéis na alegria, na dor, para a vida toda!

Preste atenção ao nosso site, forneceremos informações mais valiosas.

 
Comentário do usuário