Antes e depois: Cão passa por transformação surpreendente após ser resgatado em cemitério

 

Quem faz parceria com os animais anda de mãos dadas com a paz e sob a proteção de Deus.

 

Rondando o cemitério que trabalham durante a noite, funcionários do local avistaram um vulto se mexendo por ali. Só não ficaram com medo, pois minutos antes haviam visto uma matilha de cães circulando pelo local.

Na manhã seguinte, a equipe decidiu fazer uma ronda para verificar se os 'convidados' da noite haviam feito bagunça, mas não. Na verdade, ao invés de bagunça, eles se deparam com um cão doente.

O vira-lata estava perdendo os pelos e com as patas machucadas. Sem demora, os trabalhadores ligaram para o abrigo de animais Stray Rescue of St. Louis (SRSL) localizado em Missouri, Estados Unidos, pedindo ajuda.

Em entrevista ao The Dodo, Donna Lochmann, diretora do abrigo, contou que muitos animais são encontrados nos arredores do cemitério. Pois eles cruzam a cerca e ficam por ali, para fugirem das pessoas.

Mas por mais que o lugar seja grande, todo animal merece um lar. Por isso Donna e os funcionários do cemitério se uniram para capturar o cãozinho doente. Pois até o resgate chegar ele havia fugido do local em que fora encontrado.

Foi algumas horas em busca do fugitivo até que foi encontrado todo enroladinho embaixo de um arbusto. Assim que o pegaram, o cão foi encaminhado para o veterinário, onde foi tratado por sua condição de pele e as feridas de suas patas.

Quando o vira-lata estava melhor, a equipe do abrigo decidiu levá-lo até o cemitério para fazer uma surpresa aos seus salvadores. "Foi muito emocionante para todos, especialmente para Kamper e o voluntário que nos ligou", disse Lochmann.

E assim como os funcionários ficaram felizes ao vê-lo, o cão também ficou alegre. Em agradecimento por eles terem o ajudado, o cachorro correu até cada um e os encheu de lambidas.

"A mulher que ligou estava tão feliz que nós o pegamos e que ele estava indo tão bem", disse Lochmann. "De nossa parte, certamente apreciamos que ela tenha nos contatado para que ele pudesse obter alguma ajuda."

Após o reencontro, Kamper, como o cão foi chamado, voltou para o abrigo. Mas não ficou muito tempo por lá, pois logo foi adotado por uma família gentil, responsável e amorosa.

"É tão divertido vê-lo jogar e ser feliz, sabendo que ele não é mais esse cachorro doente e assustado tentando sobreviver nas ruas", disse Lochmann. "Agora ele pode ser apenas um cachorrinho", finalizou Lochmann.

Que bom que Kamper teve um final feliz!

 

Na vida animal e humana, o que impera é a maternidade, o afeto, a proteção e a sobrevivência.

Amar, respeitar e proteger os animais.

Verdadeiros amigos, companheiros fiéis na alegria, na dor, para a vida toda!

Preste atenção ao nosso site, forneceremos informações mais valiosas.

 
Comentário do usuário