Homem ouve cão chorando desesperadamente — então vê em buraco o seu bem mais precioso

 

Quem faz parceria com os animais anda de mãos dadas com a paz e sob a proteção de Deus.

 

Um homem chamado Willians Mollo Flores mora no Chile e no início do mês saiu para uma caminhada noturna com o seu cão.

Durante o passeio, acabou salvando uma vida. Na verdade, duas vidas. Ao passar em frente a um canteiro de obras, o seu cão se incomodou com algo e o puxou para uma direção oposta. Foi então que encontrou um cachorro.

"Meu cachorro me guiou até um cão abandonado", disse Flores. "O cachorro estava uivando muito."

O filhote uivava alto, mas todo o agito não era para chamar a atenção para si e, sim, para outro cachorro, que estava preso em um dos buracos do canteiro de obras.

"Ele estava pedindo ajuda", disse Flores. "Seu irmão estava em um buraco e não havia como ele sair sozinho."

Ao ver o cão naquele estado, Willians ficou comovido. E sua atitude foi correr para casa para pegar água, comida e corda para socorrê-lo. "Eu subi no buraco e consegui tirar o cachorrinho".

Seguro, em terra firme, o cão correu em direção do seu irmão, como se estivesse indo agradecê-lo por encontrar ajuda para resgatá-lo.

Após o encontro, a dupla se deliciou com o alimento que o homem havia levado. Mas não terminou por aí, Willians os levou para casa.

Chegando em casa, ele procurou ajuda nas redes sociais. Foi então que a socorrista Valeska Torres Tapia soube da situação. E embora fosse meia-noite, ela foi até local para socorrer os filhotes.

"Eu trouxe os cães para casa", disse Tapia. "Eles estavam com medo, mas eu dei a eles todo o amor que pude mostrar a eles."

Assim que chegaram na casa de Valeska, ela os banhou e tosou, causando uma transformação. E por nenhum minuto, os dois de desgrudavam, "eles são inseparáveis", disse Tapia. "É a coisa mais linda".

Encantada com a sintonia da dupla, a voluntária os chamou de Angel e Salvador. Ainda não se sabe como a dupla foi parar naquele local, mas a mulher supõe que tenham sido abandonados. Por conta do abandono, eles acreditam que só podem confiar um no outro.

"Eles se abraçam, cuidam um do outro e não se soltam", disse Tapia. "Esses dois pequeninos são como gêmeos siameses, porque estão sempre se abraçando."

Não querendo separá-los, pois na maioria das adoções as pessoas adotam um cachorro e raramente a dupla, quando irmãos. Valeska decidiu adotá-los.

"Depois de resgatar um cachorro, sempre tento encontrar uma família bonita para eles", disse ela. "Mas eu sei que seria difícil para Angel e Salvador encontrar uma família, já que eles são inseparáveis. Eles não podem ser separados. Então, eu os manterei - e darei a eles mais amor do que eles jamais poderiam imaginar."

Confira o momento do resgate:

Amadinhos! Por sorte, Willians e o seu cão, cruzaram o caminho dessa duplinha, dando-lhes a chance de encontrarem um lar.

 

Na vida animal e humana, o que impera é a maternidade, o afeto, a proteção e a sobrevivência.

Amar, respeitar e proteger os animais.

Verdadeiros amigos, companheiros fiéis na alegria, na dor, para a vida toda!

Preste atenção ao nosso site, forneceremos informações mais valiosas.

 
Comentário do usuário