Gato dá beijos em filhote de cachorro para ajudar cadela a acalmá-lo

Em um vídeo postado no Tik Tok, pela internauta Hannah Colson, há cerca de um mês, mostra um dos filhotes da cachorra Olive choramingando, mas como toda mãe a cachorra está cansada, então o gato Figs ajudou na tarefa de acalmar o cãozinho.

Após a postagem de Hannah, o vídeo virou hit na rede social e já acumula mais de três milhões de curtidas.

A cachorra Olive deu à luz uma ninhada de nove cachorrinhos, que constantemente necessitam da atenção de sua mãe. E assim como as mamães humanas precisam de ajuda, no mundo animal um ato de generosidade também é sempre bem vindo.

No mês de julho, uma cena ímpar foi flagrada pela dona da cachorra Olive, Hannah. E ela aproveitou para registrar esse momento de cuidado.

Um dos filhotes estava choramingando em frente de Olive, pois queria algo. No vídeo postado no Tik Tok podemos ver a cara que a cachorra faz para o filhote. Como se dissesse: "Estou cansada e não sei mais o que fazer para você". No vídeo, Olive fica apenas parada olhando a cena de seu filhotinho chorando.

Foi então que o gato Figs — também de Hannah — deu uma grande ajuda à amiga Olive. O felino confortou o filhote com carinhos e beijos de gato, uma tentativa clara de fazer com que o cãozinho se acalmasse.

E a tática funcionou, no vídeo o cachorro começa a ficar cada vez mais quieto e a parar de choramingar.

Olive observa a cena e parece agradecida pelo gesto de amizade do gatinho Figs. Tanto é, que ao final do vídeo a cachorra sai de cena, deixando seu filhote aos cuidados do gato. A dona dos dois filma tudo de forma descontraída e ainda pode-se ouvir uma de suas risadas ao fundo.

O vídeo com mais 14 milhões de visualizações e mais de três milhões de curtidas arrancou suspiros dos internautas que comentaram achando a cena fofa.

Quando os filhotes nascem, a mamãe cachorra desenvolve seu instinto maternal e sabe o que precisa ser feito com seus filhotes. Mas algumas cadelas podem apresentar um comportamento estranho no pós-parto, não aceitando os filhotes, ou não dando conta de cuidar de todos eles, principalmente em relação à amamentação, proteção contra o frio e calor e a estimulação de urinas e fezes.

Caso a cachorrinha tenha esses comportamentos seguidamente, é importante levar ao veterinário. Mas também, é importante ficar de olho em outras situações estressantes que a recém mamãe pode estar passando. Como:

Cuidados com a glândula mamária: é importante verificar se os mamilos estão ressecados, inchados ou apresentam sensibilidades, ou feridas; Tempo só para a mamãe: a cachorra precisa ter momentos para comer e realizar suas necessidades diárias; A cachorra pode perder excessivamente pelos durante o período da amamentação, e consecutivamente pode perder peso.

Comentário do usuário