‘Cabo Oliveira’: conheça o vira-lata caramelo que virou policial no Rio de Janeiro

 

Quem faz parceria com os animais anda de mãos dadas com a paz e sob a proteção de Deus.

 

Na onda dos  policiais influenciadores, 'Cabo Oliveira' é um dos poucos que podemos chamar de inofensivo. Ele nunca esteve envolvido em escândalos polêmicos e crimes, mas também não integrou a lista dos heróis e mártires da segurança pública.

O nome com posto hierárquico é apenas uma brincadeira, e seu Oliveira não é policial. Ele é apenas um  vira-lata caramelo que foi adotado pela Policial Militar do Estado do Rio de Janeiro.

cão tem mais de 100 mil seguidores nas redes sociais e posa com equipamentos das forças de segurança da PM fluminense.

Oliveira surgiu no 17° Batalhão da PM (Ilha do Governador) e foi acolhido pelo Cabo Cristiano, um policial que servia no quartel.

"Ele começou a andar atrás de mim. Nos dias de calor, ele ficava na sala comigo, aproveitando o ar-condicionado. Quando eu ia para a viatura, ele ia atrás de mim. Era um colega mesmo. Um dia tirei uma foto dele com a parte de cima do uniforme e todo mundo gostou", contou o oficial em entrevista ao UOL.

vira-lata caramelo não faz parte da PM e não atua com a unidade, mas se tornou um mascote do batalhão da Ilha do Governador.

Cãozinho não faz parte do quadro de animais da Polícia Militar do Rio de Janeiro; Oliveira só brinca de ser cabo nas redes sociais

"Ele fica lá no batalhão, é o nosso mascote. Mas nas redes, ele vira o 'cabo Oliveira'", completa Cristiano.

 

Na vida animal e humana, o que impera é a maternidade, o afeto, a proteção e a sobrevivência.

Amar, respeitar e proteger os animais.

Verdadeiros amigos, companheiros fiéis na alegria, na dor, para a vida toda!

Preste atenção ao nosso site, forneceremos informações mais valiosas.

 
Comentário do usuário