Cachorrinho rosa que nasceu surdo e cego vira símbolo de inclusão para crianças

 

Quem faz parceria com os animais anda de mãos dadas com a paz e sob a proteção de Deus.

 

​​​​​'Piglet' é um cachorrinho que nasceu cor de rosa e se tornou símbolo de aceitação e inclusão para as crianças nos EUA.

Segundo sua tutora Melissa Shapiro, o cachorrinho que recebeu o nome em referência ao leitão rosa do desenho Ursinho Pooh, nasceu surdo e cego. O pequeno é fruto do cruzamento de um dachshund com chihuahua. O encaminharam de um abrigo de cachorros da Geórgia para Connecticut, devido à superlotação do lugar.

Sua tutora, que é médica veterinária, se apaixonou por ele na mesma hora.

"[Adotá-lo] foi uma decisão muito importante em minha vida. Eu trabalho grande parte do dia, então seria um desafio cuidar bem dele, ainda mais devido às suas necessidades e limitações", disse Melissa. "Mas ele é tão fofo, sem dúvida foi uma das melhores decisões que tomei na vida."

Piglet se tornou o sétimo integrante da casa, se juntando assim a 6 cãezinhos que Melissa havia adotado anteriormente.

"Foi necessário todo um processo de adaptação nessa nova realidade para ele. Piglet chorava muito se eu não estivesse por perto. Eu precisava fazer carinho e ajudar ele a adormecer. No primeiro mês, tinha que estar a todo tempo perto dele", afirma a veterinária.

Após a adaptação do cãozinho com os irmãos, Melissa decidiu criar uma conta no Instagram para ele. Hoje, a conta já tem mais de 130 mil seguidores.

A história de Piglet chegou até um professor que usou o exemplo do filhote cor-de-rosa como modelo para uma mentalidade de crescimento positiva com sua classe da terceira série. A ideia do professor é encorajar os alunos e promover a ideia de que a adversidade do cotidiano pode gerar crescimento pessoal.

"Quando descobrimos que Piglet tinha virado um exemplo prático de superação para os alunos dessa escola, decidimos surpreender as crianças. Fizemos uma videoconferência e apresentei ele para as crianças. Foi muito emocionante", conta Melissa.

Por fim, todo dinheiro arrecadado por melissa com os patrocínios da conta de Piglet vão para abrigos de animais com deficiências. Além disso, a veterinária planeja criar uma organização sem fins lucrativos para ajudar esses animaizinhos a serem adotados por famílias dispostas a esse ato de amor.

 

Na vida animal e humana, o que impera é a maternidade, o afeto, a proteção e a sobrevivência.

Amar, respeitar e proteger os animais.

Verdadeiros amigos, companheiros fiéis na alegria, na dor, para a vida toda!

Preste atenção ao nosso site, forneceremos informações mais valiosas.

 
Comentário do usuário