Ursa de cativeiro que perdeu seus pelos por estresse volta a viver livremente em floresta protegida

Presa em cativeiros por grande parte de sua vida, cerca de sete anos atrás uma ursa chamada Cholita finalmente foi solta em seu habitat natural.

Cholita foi tirada da natureza enquanto ainda era um filhote e, então, vendida para um circo. Posteriormente, para um zoológico.

Infelizmente, o animal passou 20 anos de sua vida em uma pequena gaiola observando o tempo passar até que uma instituição de defesa de animais interveio na situação.

A ursa foi levada pela Animal Defenders International (ADI) até um habitat construído pela instituição no santuário Taricaya, no Peru, onde poderia viver dignamente.

No entanto, antes do resgate acontecer, a ursa passou por muito estresse, perdendo, assim, muitos de seus pelos.

"Durante sua jornada pelos Andes, estávamos tão preocupados com sua saúde que fizemos uma tenda de oxigênio para ela em altitude", disse a ADI em um post no Facebook.

Na postagem do dia 20 de setembro, a instituição explicou que no circo, Cholita teve seus dedos cortados e dentes partidos.

"Sete anos depois, você pode ver o quanto ela prosperou em seu habitat natural", frisam.

A publicação conquistou os seguidores da entidade que disseram estarem felizes pela nova situação da ursa.

"Deus abençoe Cholita. Meus mais profundos agradecimentos por dar à ela a vida que ela merece!", pontua um usuário.

"Não consigo compreender o quão cruéis alguns humanos são. Graças a Deus ela está prosperando agora", enfatiza Maggie.

"Adoro ver as atualizações de Cholita - acompanho desde o resgate", ressalta Val.

Apesar de seus pelos não crescerem mais devido a pele grossa, Cholita pode ser considerada também uma nova ursa, já que mudou drasticamente seu jeito de ser.

Ela se tornou extremamente brincalhona e amigável com os demais animais de sua espécie.

"É impossível conhecer Cholita e não amá-la", detalhou a ADI.

A ursa se tornou uma presença constante nas redes sociais da entidade, além de conquistar mais e mais fãs.

Os internautas adoram vê-la curtindo um cercado de floresta natural, a caverna, a piscina, e é claro, a sua rede favorita.

"Nossa magnífica rainha da floresta está ansiosa por melões e muitas frutas extras esta semana para marcar o Halloween!", escreveu a instituição em uma publicação recente para comemorar o Dia das Bruxas.

Estima-se que Cholita tenha em torno de 30 anos, porém a cada ano que passa ela prospera ainda mais em seu habitat natural, onde pode se esbanjar com sua fruta preferida: a uva.

"O resgate deste incrível sobrevivente encorajou os funcionários do governo a resgatar mais ursos no Peru", disse Jan Creamer, presidente da ADI, ao site The Dodo.

De acordo com o presidente, Cholita passa seus dias ocupada interagindo com Dominga ou Sabina.

Comentário do usuário