Gato mais velho se ajuda filhote resgatado a vencer medo de humanos e grande transformação acontece

 

Quem faz parceria com os animais anda de mãos dadas com a paz e sob a proteção de Deus.

 

Recentemente dois gatinhos chegaram ao Salty Animal Rescue, em Ontário no Canadá. Os filhotes precisavam muito de TLC (Ternura, Amor e Cuidado). Os gatos foram considerados sub-socializados, pois não tinham tido contato com humanos até serem resgatados. Com o tempo os gatinhos foram melhorando sua saúde e então o gato Pippen ajudou seus novos companheiros felinos a 'saírem de suas conchas'.

Os dois gatos não eram da mesma ninhada e nem eram irmãos, mesmo assim compartilhavam juntos o medo das pessoas, por terem tido pouco ou nenhum contato com humanos antes.

Os filhotes receberam o nome de Salt e Pepper - Sal e Pimenta em português - e como não estão prontos para serem adotados no abrigo em que estão, a Salty Animal Rescue interveio para ajudar os gatinhos a se familiarizar com os humanos em seu dia a dia.

"Ambos foram encontrados perdidos nas ruas de Hamilton. Estamos aqui para dar a eles a chance que merecem", compartilhou Karly Saltarski, cofundadora do resgate.

No momento do resgate Pepper estava recuado em um canto, fingindo ser invisível, o animal estava com tanto medo que seu corpo congelou e ela evitou qualquer contato visual que pudesse ter. Já Salt estava com tanto medo que salivava e tremia.

Karly precisou persuadir os gatinhos com guloseimas, que eles não resistiram, e passou bastante tempo apenas conversando com eles, tentando acostumá-los ao toque. " Com muita paciência, Salt se animou com os animais de estimação, e Pepper tornou-se menos vocal sobre estar com medo".

"Pepper ainda me olha e se esconde, mas ela está lentamente se recuperando."

Após os procedimentos de saúde a que os gatinhos se submeteram, Karly decidiu "pedir" ajuda ao gato Pippen. O animal é um gatinho adotado que já ajudou alguns outros companheiros de resgate a sair "de suas conchas".

Pippen é um gato resgatado que foi adotado por Kayla, o animal parecia entender exatamente o que Pepper precisava. E então tratou de cuidá-la com suas lambidas e aconchegos.

Foi percebido então, que embaixo de seu medo, havia um gatinho ansioso por cuidados. Quando Pepper conheceu Pippen, ela ficou apaixonada por seu amigo no mesmo instante. Tanto é, que o procura para tirar uma soneca sempre que pode.

"Como de costume, ele ajudou Pepper a se tornar totalmente nova".

O grupo de resgate também apresentou Pepper a outros gatos, que por meio de sua ajuda, acabam confiando nas pessoas. "Ela chegou tão incrivelmente longe. Desde que esteve com Pippen por pouco tempo, ela está agindo como uma gatinha diferente."

"Gatinhos como Pepper parecem ser esquecidos (por causa de sua timidez). Quando estão no ambiente certo e têm a chance, gatos e gatinhos assustados realmente se tornam os melhores membros da família", compartilhou Karly.

Pepper está com 15 semanas e se transformou em um gato malhado doce e gentil. "Ele permite manuseio e carinho (quando está confortável), e até deu a outra mãe adotiva, Elaine, seus primeiros ronrons".

A gatinha está aprendendo com os gatos mais velhos e seguindo seus passos, a cada se tornando menos preocupada com os humanos ao seu redor.

"Ela precisa de um adotante com paciência e compreensão. Ela será sua melhor amiga em pouco tempo, mas só precisa de uma chance."

 

Na vida animal e humana, o que impera é a maternidade, o afeto, a proteção e a sobrevivência.

Amar, respeitar e proteger os animais.

Verdadeiros amigos, companheiros fiéis na alegria, na dor, para a vida toda!

Preste atenção ao nosso site, forneceremos informações mais valiosas.

 
Comentário do usuário