Vira-lata caramelo 'rebola' após invadir transmissão de telejornal e viraliza na web

Uma vira-lata caramelo roubou a cena durante a transmissão de um telejornal, de Santa Catarina. A cadela que caminha tranquilamente pelo estúdio enquanto ocorre a apresentação, viralizou na web.

Brenda é uma vira-lata caramelo que foi adotada pela redação da NSC TV, já algum tempo e ficou famosa por aparecer nas câmeras sem ser convidada. Recentemente, a cadela foi flagrada caminhando pelo estúdio durante a apresentação do telejornal NSC Notícias, da filiada da TV Globo em Santa Catarina.

Nas imagens, Brenda aparece no canto do estúdio enquanto o apresentador e editor-chefe, Fabian Londero, dava "boa noite" aos telespectadores. O momento fofo e inusitado foi compartilhado pelo próprio apresentador e viralizou nas redes sociais.

"Onde está Wally? A Brenda nos surpreende a cada dia. Ela não anda, ela desfila", escreveu o jornalista na legenda da publicação no Instagram.

Os seguidores de Fabiano e milhares de outros internautas foram à loucura com a cena. Nos comentários, a @sissi.simoninha escreveu: "Ai o coração se desmancha com essa cena".

A @marilisevilverteccel contou que assistia o telejornal quando Brenda apareceu: "Foi muito engraçado. Nós vendo o jornal e de repente ela apareceu rebolando".

Já @rabutske comentou "A Brenda é linda adoro ver esse amor e respeito pelos animais isso que é jornal de verdade".

Trio de vira-latas caramelo

Mas se engana quem acha que Brenda é a única que mora no jornal, ela foi a primeira de um trio de vira-latas caramelo que apareceu por ali durante a pandemia e, ao receberem cuidado e atenção dos jornalistas, acabaram ficando por lá e conquistaram o coração de todos.

O trio, Brenda, Pipoca e Cherie já foi notícia anteriormente justamente porque Brenda já havia viralizado em abril de 2022, quando apareceu deitada no meio do estúdio do "Jornal do Almoço" da emissora, pouco antes de entrarem no ar, o vídeo foi compartilhado pelo jornalista Raphael Faraco.

Na época, a jornalista Margarida Santi , em matéria para a TV Globo, contou como Brenda apareceu.

"Era uma visita muito rápida, ela passava pelo corredor, dava um 'oi' e saía. Quando a gente viu estavam eles aqui fazendo companhia para a gente".

Santi explicou que, devido a pandemia, no auge do isolamento social, poucos jornalistas iam trabalhar presencialmente e as portas ficavam abertas para a circulação de ar, e assim os animais passaram a ter trânsito livre pelos estúdios e redação.

"Estávamos num período pesado de trabalho, a parte emocional também, e eles chegavam, davam um cheirinho em um, lambiam um pouquinho outro, davam um 'lambeijo' e a gente foi curtindo também", explicou a jornalista.

Nas redes sociais os jornalistas da emissora compartilham vários momentos dos pets, que dormem em um escritório e passeiam livremente pelo local.

Comentário do usuário