Aos 90 anos alimenta 120 cães de rua todas as manhãs: "o amor deles é o meu remédio"

 

Quem faz parceria com os animais anda de mãos dadas com a paz e sob a proteção de Deus.

 

Quantas vezes navegando na web paramos em apelos de adoção e ajuda a cães e gatos abandonados, sorrimos com ternura diante das fotos daquelas carinhas, mas no final continuamos a rolar nas redes sociais porque "não temos tempo para ajudar". Pois bem, esta história nos faz perceber que é apenas uma desculpa: um momento do nosso tempo pode realmente fazer a diferença para os nossos amigos de quatro patas, talvez com uma doação ou um compartilhamento muito simples do mesmo apelo.

A cidade de Ghaziabad, no estado federal de Uttar Pradesh, na Índia, pode se gabar de uma organização de ativistas voluntários dos direitos dos animais admirável, com um membro de honra: uma avó que - apesar de sua idade - se levanta todas as manhãs para preparar uma refeição para os cães do abrigo.

O abrigo Paws in Puddle atua todos os dias para garantir a liberdade e os direitos dos animais abandonados e desabrigados. Os membros da Organização Sem Fins Lucrativos anunciaram na sua conta do Instagram que, apesar de ter problemas de saúde, a doce avó dos 90 anos dá a sua ajuda aos cachorros que vivem perto da sua casa. Para começar, cabe destacar que a indiana longeva cuida de pelo menos 120 cães pertencentes à organização.

"Minha vovó de 90 anos, que sofre de osteoporose severa, passou por várias cirurgias importantes e, enquanto isso, estava acamada, não deixou nada ficar entre ela e seu amor pelos cães", disse um voluntário do refúgio.

"Levanta-se todas as manhãs às 4h30 para cozinhar e alimentar mais de 120 cães. Até tenta mudar as suas receitas porque só sente o coração cheio quando saboreiam tudo o que prepara. Depois de cada refeição, ao regressar, me pergunta "todos os cachorrinhos comeram? Estão todos bem?" Então eu mostro a ela as imagens que gravo todos os dias. Ela olha cada vídeo com grande alegria", continuou ele.

Vendo o imenso amor da vovó por esses animais, o jovem decidiu levá-la com ele para o abrigo pela primeira vez. Havia sérios riscos para sua saúde física, mas ela comentou com um sorriso: "o amor dos cachorros é o melhor remédio para qualquer doença". A filmagem de sua visita comoveu muitos usuários na Internet e inspirou muitas pessoas a fazer mais para ajudar cães e gatos desabrigados.

 

Na vida animal e humana, o que impera é a maternidade, o afeto, a proteção e a sobrevivência.

Amar, respeitar e proteger os animais.

Verdadeiros amigos, companheiros fiéis na alegria, na dor, para a vida toda!

Preste atenção ao nosso site, forneceremos informações mais valiosas.

 
Comentário do usuário