O laudo feito pelo Instituto Médico Legal (IML) sobre a causa da morte da Marília Mendonça está quase concluído.

 

Quem faz parceria com os animais anda de mãos dadas com a paz e sob a proteção de Deus.

 

Após a trágica morte de   Marília Mendonça  (1995-2021), ocorrida no início deste mês, se iniciou as investigações para descobrir a causa da morte das vítimas que se encontravam no voo. Segundo o jornal, o laudo feito pelo Instituto Médico Legal (IML) sobre a causa da morte da artista está quase concluído. 

O médico Pedro Coelho , responsável pelo caso, declarou que vai atestar politraumatismo dos órgãos vitais no documento que vai ser entregue às autoridades em até nove dias. 

Ele também explicou que houve múltiplas lesões nos órgãos dos cinco passageiros, sendo um indicativo de que as mortes ocorreram instantaneamente após a queda do avião. Pode ser que o documento oficial saia em até 20 dias porque estão sendo feitas análises neurológicas e cardíacas no piloto e copiloto da aeronave.

"É preciso descartar ou confirmar, por exemplo, se o piloto ou o copiloto passaram mal durante o voo, se tiveram ou não um mal súbito. Todo tipo de detalhe precisa ser analisado" , destacou o médico. Pedro também afirmou que não encontrou qualquer indício de descarga elétrica, uma das hipóteses indicadas pela polícia para justificar a queda.

 "Normalmente em casos de choque há queimaduras e não havia esse tipo de lesão" , completou. 

O avião estava levando a cantora e sua equipe à cidade mineira onde ela se apresentaria, chamada Caratinga. A aeronave caiu por volta das 15h30 de 5 de novembro. A sertaneja estava com seu produtor, Henrique Ribeiro , seu tio e assessor, Abicieli Silveira Dias Filho .

 

Na vida animal e humana, o que impera é a maternidade, o afeto, a proteção e a sobrevivência.

Amar, respeitar e proteger os animais.

Verdadeiros amigos, companheiros fiéis na alegria, na dor, para a vida toda!

Preste atenção ao nosso site, forneceremos informações mais valiosas.

 
Comentário do usuário