Casal descobre que sua nova casa já vem com inquilinos: Donald e Daisy

 

Quem faz parceria com os animais anda de mãos dadas com a paz e sob a proteção de Deus.

 

Decididos a comprar uma casa, o casal Megan e Brian, donos da Ascension Acres (AA), foram visitar uma propriedade. Chegando no local se depararam com dois patos passeando pelo jardim, ao olhá-los acreditaram ser selvagens, mas quando efetivaram a compra descobriram o porquê daquela dupla estar ali.

"Nós não sabíamos que eles eram considerados patos domesticados até que estávamos no fechamento final e comemorando a compra de nossa casa", disse a equipe da AA. "No encerramento, os antigos proprietários nos disseram que seus nomes são Donald e Daisy e que eles estão lá para ficar."

Agora, o casal é dono de uma linda casa e, claro, de dois patos. E parece que as aves se afeiçoaram aos novos donos, pois eles não gostam de ser tocados, mas quando avistam Megan e Brian de longe sempre correm para cumprimentá-los.

"Ambos pareciam bastante calmos ao nosso redor desde o início", disse a equipe da AA.

E o amor é reciproco, pois o casal querendo vê-los felizes e prosperando, começaram a estudar meios de mantê-los confortáveis no inverno, foi então que tiveram a ideia de contruir uma casa para eles.

"Vivemos em Indiana (EUA) e temos temperaturas congelantes, neve e gelo", disse a equipe do AA. "Nós amamos Donald e Daisy, e queremos que eles estejam seguros e confortáveis. Lemos que é melhor fornecer abrigo aos patos dos ventos frios, então decidimos construir uma pequena casa para eles."

Mãos a obra! O casal executou uma casinha confortável que acolhesse os patos do frio e também os protegessem de predadores. Além de ter fácil acesso para entrarem e saírem a hora que quisessem e, para isso, construíram uma rampa no abrigo que vai direto para a água porque é onde os patos passam a maior parte do tempo, mesmo no inverno.

Apesar de todos os esforços, parece que a construção não agradou muito Donald e Daisy, pois desde que foi inaugurada, eles não usaram nenhuma vez. Na verdade o único interesse pela casa é, "Eles só vão para a área de corrida enjaulada para comer a comida que colocamos lá".

É uma pena a duplinha não ter gostado da nova moradia, mas o que importa foi a atitude dos donos que se preocuparam em oferecer conforto e segurança para os pets. Quem sabe mais adiante eles se convençam de que ali é um bom lugar par viver.

 

Na vida animal e humana, o que impera é a maternidade, o afeto, a proteção e a sobrevivência.

Amar, respeitar e proteger os animais.

Verdadeiros amigos, companheiros fiéis na alegria, na dor, para a vida toda!

Preste atenção ao nosso site, forneceremos informações mais valiosas.

 
Comentário do usuário